Preparado para 2017

Preparado para 2017

Preparado para 2017

Preparado para 2017?

É mais que normal inúmeros planos para o ano que começa, não é mesmo? O problema é que as pessoas não se permitem traçar bons planos para 2017 porque se focam em reclamar dos erros de 2016.

Muitos, na semana da virada (sim, uma semana e olhe lá), tiram da cachola planos mirabolantes para o próximo ano, ainda que tenham passado os últimos meses implorando para que 2016 acabasse.

O que me chama a atenção, em primeiro lugar, é o fato de que reclamar está fortemente presente na vida das pessoas. O nível de reclamações que eu presenciei em bate papos e redes sociais e afins, dá a impressão que 2016 foi o pior ano do século. E vem acontecendo isso ano após ano. Sempre vivemos o pior ano das nossas vidas.

Talvez 2016 não tenha sido realmente bom para a grande maioria das pessoas, mas daí  focar a energia e o trabalho da massa cerebral para atacar o decorrer do ano é contribuir para que o próximo ano também seja tão supostamente ruim.

Se algo não está do jeito que gostamos ou gostaríamos, a primeira providência que devemos tomar é mudar a direção. Discutir e traçar novas possibilidades, novos caminhos. E um novo trajeto não se faz do dia pra noite, principalmente quando estamos falando de uma jornada.

As ações para alinhar o novo plano com novas estratégias devem ser pensadas e repensadas, principalmente de acordo com os novos objetivos traçados.

Não vou cair na mesmice e criticar, portanto se o panorama deve ser de mudança para 2017, foque em um novo plano e pense nele. Se ainda não pensou, mexa-se! Sim, dá tempo!

Deixar um comentário